domingo, 10 de abril de 2011

O Fim

Depois de um fim-de-semana de congresso, de não sei o quê na Madeira e de saber que os islandeses não querem pagar o champagne que beberam resolvi aproveitar o resto de Domingo e reler O Fim, de António Patrício. Quando há vinte anos li pela primeira vez os livros do autor, que publicou esta peça pouco tempo antes do fim da monarquia constitucional, não consegui perceber este sentimento de apocalipse que sobressai de palavras como estas — "Há oito dia já, não existimos ...; desde que os representantes dos nossos credores, reunidos em conferência internacional o decidiram. Pois bem: o conselho reuniu hoje... Tratou-se de ir, o mais polidamente possível, à despedida dos embaixadores, que receberam ordem dos governos para partir...; calculou-se a hora a que chegarão, para tomar posse de nós, as esquadras estrangeiras...; e alguns dos meus colegas, prevendo um protectorado moderno, no espírito da nossa civilização, dizem constar-lhes: que além da rigorosa administração da fazenda que foi nossa, nada sofreremos... Vão dar-nos mesmo um parlamento. Só não existimos... De resto, um parlamento póstumo ...

domingo, 23 de maio de 2010

Consertos












Ficou catita o coletinho. Digam lá se o laço não ficou um mimo, muito princípio dos anos 70, e foi feito com a gola da camisola que se transformou neste deslumbrante gillet.

quinta-feira, 6 de maio de 2010

dia-a-dia de uma trouxa









Ficou lindo o blusão para a menina que fez anos.

segunda-feira, 12 de abril de 2010

dia-a-dia de uma trouxa










Pois já está acabadinho o casaquinho. Ficou muito lindinho, este bocado de tecido que encontrei na trouxa dos retalhos em promoção. Ganhou uma alma nova e eu também pois sempre ambicionei ter um trapinho de pele de tigre.

sábado, 3 de abril de 2010

boa páscoa










Por vício, associamos as festas do calendário a algumas quantas iguarias que não gostamos de deixar passar em claro. E, na Páscoa, o cabrito e o cordeiro são trazidos para a mesa, assim como os folares, as regueifas e as amêndoas. Todavia, tudo isto nos remete para o tempo das sementeiras e a consequente fertilidade que se espera obter. Assim, neste tempo de renovação para a natureza deveremos experimentar o mesmo exercício. Boa Páscoa para todos!

terça-feira, 23 de março de 2010

dia-a-dia de uma trouxa











Pois aqui está a fotografia de um dos 10 parezinhos de calças a que a trouxa subiu a bainha. Foi um fim-de-semana inteirinho. Sábado para as medições e alinhavos e domingo para a máquina de costura. Valeu a pena ficaram quase perfeitos.

segunda-feira, 8 de março de 2010

dia da mulher


















Não gosto muito, mas até ficava mal se não dissesse nada.

Já fui contra, mas agora sou favorável às quotas. Corre-se o risco de ver mulheres incompetentes em lugares de topo. É pena, mas sempre aumenta a concorrência; há muitos homens desses e não tivemos outro remédio se não habituarmo-nos. Talvez a solução esteja na criação de quotas para a incompetência.